As férias de fim de ano estão próximas e, sabendo que muitos tutores optam por viajar de carro para transportar o pet para o período de descanso, vale ressaltar os perigos de se transportar animais de estimação de maneira irregular dentro de veículos. Além dos riscos para o próprio animal, o transporte irregular pode causar acidentes graves e, por esse motivo, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê infrações do tipo médio e grave para motoristas, além de multas.

Tutores não podem dirigir com seus cães à sua esquerda, entre suas pernas ou braços, assim como levá-los nas partes externas do veículo (somente com autorização). Ao pensarmos em segurança, é mais que natural que essas leis existam, principalmente para garantir a integridade física de pets e humanos na rua.

Conheça o que a legislação diz:

Art. 235. Conduzir pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados:

Infração – grave;
Penalidade – multa;
Medida administrativa – retenção do veículo para transbordo.

Art. 252. Dirigir o veículo:
II – transportando pessoas, animais ou volume à sua esquerda ou entre os braços e pernas.

Infração – média;
Penalidade – multa.

Fique de olho e proteja quem você ama.