No momento da adoção, a maioria das pessoas geralmente prefere um filhote saudável. No entanto, é sempre importante lembrarmos dos animais com necessidades especiais e/ou com mais idade, que também precisam de um lar.

Ter um pet com algum tipo deficiência requer uma dose de cuidados especiais devido à sua limitação, isso é verdade. Porém, quem adota um animalzinho especial recebe uma dose extra de amor e gratidão. Afinal, fora os casos em que o animal nasce com algum tipo de deficiência, a grande maioria dos males pode ter sido causado após algumas experiências não tão legais com os seres humanos e, nestes casos, o adotante dá uma nova oportunidade para esse pet viver uma nova vida, com respeito e amor.

Você já pensou na possibilidade de adotar a um animal deficiente ou com alguma necessidade especial? Aqui na Mapaa, por exemplo, temos alguns pets especiais que esperam muito por um lar, como é o caso dos cães Pirata, Hulk e Rabito.

Se você pensa em adotar um pet especial, leve em conta que:

  1. Ele poderá ter pequenas limitações: dependendo da dificuldade física de seu novo amigo, você deverá pensar em como tornar a vida dele mais fácil. Por exemplo, um pet cego precisará de espaços sem tantos móveis para não se machucar. Estamos certos de que a empatia te ajudará a saber como melhor ajudar o seu amigo e cada tipo de deficiência;
  1. Deixe o pet à vontade para caminhar, cheirar e conhecer cada canto da sua nova casa;
  1. Para um pet que tenha algum tipo de deficiência causada pela maldade humana, ofereça amor, amor e mais amor.

A conscientização da adoção de animais idosos e especiais tem possibilitado a felicidade de milhares de animais. Adote sem preconceitos!