Quem não sonha com a possibilidade de ter o seu cachorro ao seu lado por mais tempo? Todos nós acreditamos que a vida dos nossos amigos é muito curta, e queremos que eles sejam felizes e saudáveis por muitos anos.

O tempo médio de vida dos cães é de 12 a 15 anos. Alguns deles, dependendo de predisposições genética e os cuidados que ele receber quando começar a envelhecer, podem chegar aos 18 ou 20 anos. Considera-se que a partir dos 7 ou 8 anos eles já entram num processo de envelhecimento.

 

Old, um dos nossos vovôs resgatados!

Old, um dos nossos vovôs resgatados aguardando adoção!

 

Por isso, a partir dessa idade é importante que você fique de olho nas doenças que podem aparecer. Preveni-las ou diagnostica-las a tempo de iniciar o tratamento adequado irá prologar a vida de muitos animais.

 

Conheça as doenças que podem afetar os cães e saiba como agir!

 

– Calcificação nas vértebras da coluna, hérnia de disco e artrose:

Comum em animais obesos e idosos, afeta o caminhar do cão, ele poderá mancar, terá dificuldades de pular e subir em locais que eram usuais para ele. A artrose, desgaste nas articulações, resulta em dores ao executar movimentos simples.

Tratamento: o cão deve repousar e ser medicado pelo veterinário com antiiflamatórios e analgésicos.

 

– Doenças do coração:

Os cães demonstram alguns sinais que podem ser confundidos pelo dono, por isso é preciso muita atenção. Se o seu amigo tem se cansado mais do que o normal durante passeios, se ele tosse após exercícios, além de ofegação e língua arroxeada após uma situação de excitação, são sinais de doenças do coração.

Tratamento: doenças do coração precisam ser tratadas desde o início. Mesmo não apresentando sinais clínicos, o animal idoso deve ser examinado pelo veterinário anualmente.

 

– Catarata:

A catarata faz com que o animal perca a visão gradativamente. Os olhos vão apresentando manchas brancas, quando observados à luz. Com o passar do tempo, o bichinho passa a não enxergar.

Tratamento: se for diagnosticada precocemente, pode ser tratada e ter evolução mais lenta. No caso de cegueira, existe tratamento cirúrgico.

 

A catarata é uma doença muito comum em cães idosos.

A catarata é uma doença muito comum em cães idosos.

 

– Tumores:

Em cadelas, o tumor mais comum é nas mamas, e a maioria deles é benigno. Nem todo tumor é um câncer, mas todo nódulo que aparecer no seu cão, idoso ou não, deve ser avaliado pelo veterinário.

Tratamento: o tratamento pode acontecer através de quimioterapia ou radioterapia, além da remoção cirúrgica. A castração é muito eficaz na prevenção de diversos cânceres.

 

– Perda dos dentes:

Cachorros perdem dentes em função do acúmulo de tártaro. Fazer a higiene bucal do seu amigo é fundamental para evitar problemas futuros. A escovação dos dentes de cães posterga a necessidade de realizar a limpeza de tártaro com o veterinário cirurgicamente. Evitar alimentar o seu animalzinho com comida humana, e oferecer ração auxilia na prevenção do tártaro.

 

– Diabetes:

Cachorros idosos e/ou obesos podem se tornar diabéticos. A característica principal desses animais é que apesar de magros, comem muito, bebem muita água e fazem xixi demais.

Tratamento: Para controlar a diabetes, assim como nos humanos, os cães devem receber insulina.

formiga-adoçao-cao-idoso-2-site-mapaa

Formigão, outro cão idoso que resgatamos das ruas!

 

Fique sempre atento aos sinais que o seu cão está transmitindo para você. Quanto mais cedo diagnosticar uma doença, mais chances de tratamento e prolongar a vida dele.

Além disso, com a chegada da idade não esqueça de seguir alguns simples passos para melhorar a qualidade de vida do seu amigo idoso:

– Fazer atividade física regularmente, mas sem forçar muito;

– Controlar o peso. Não deixar que seu cão fique obeso, os mais velhos têm tendência a ter problemas de articulação;

– Reduzir cerca de 20% na quantidade da ração, em função da atividade física reduzida;

– Amolecer a ração em água morna por alguns minutos antes de oferecer ao cão, para facilitar a mastigação;

– Oferecer uma cama confortável para seu cãozinho, protegida do frio, vento e sol intenso;

– Dar ainda mais amor e carinho para o seu amigo!

 

Tem interesse em adotar um cão idoso resgatado das ruas? Conheça a história dos nossos Old e Formigão!

 

Por Carol Reichert

 

Fonte: webanimal.com.br | portaldodog.com.br

       

Para fazer uma doação agora, clique:

Adote um bichinho

Mapaa_icones_site_Adote1 Aqui você pode encontrar o mais novo membro da sua família. Todos os animais encontrados passaram por maus bocados antes de serem resgatados. Saiba mais aqui <3      

Faça uma denúncia

Mapaa_icones_site_Denuncie1 Fazendo denúncias você nos alerta sobre animais que estão sendo maltratados ou correndo risco de morte. Ajude denunciando!      

Ajude o MAPAA

Mapaa_icones_site_Ajude1 As doações são a única fonte de renda que mantém o MAPAA, portanto, doar é manter o nosso trabalho ativo. Faça uma doação e faça parte desta conquista!